quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Algumas pessoas.


Nunca vou conseguir compreender como algumas pessoas são. Algumas são humildes, simples, apenas querendo viver e ser felizes, não precisam de muito luxo, apenas uma casa, comida boa na mesa, um lugar aconchegante para dormir, com o sol batendo na janela e a felicidade em agradecer a Deus a cada dia abençoado de vida com muita paz e saúde, com garra e força para sobreviver a mais um dia. Confesso, que estes são o meu tipo de pessoas favoritas. 

Existem as pessoas egocêntricas que gostam de viver dentro do seu maldito ego, gostam de se achar melhor do que as outras pessoas, superiores, mas na maioria das vezes é apenas ego mesmo, por querem parecer uma coisa que eles não são e gostariam de ser, gosto de chamá-los de miseráveis, pois a miséria ama companhia, ama ser o centro das atenções e fazendo outras pessoas sofrerem, acho o pior tipo de pessoas que existem, digo isso por experiência própria.

Gosto dos sinceros, são os inteligentes e disciplinados, aqueles que encaram a verdade doa a quem doer, não tem medo de enfrentar e ser desafiado, gostam de tudo a limpo, as claras e verdadeiro com tudo e todos, chamo de liberdade de expressão.

Os corajosos, guerreiros, acho que me enquadro nessa parte, aqueles que sobrevivem, dia após dia, mesmo não aguentando mais, mesmo sendo humilhados, mesmo perdendo a fé aos poucos e a esperança. São sobreviventes e isso admiro muito, pois não tem medo das batalhas diárias.

Infelizmente, ou digo felizmente (?), existem muito tipo de pessoas das quais eu nem preciso colocar aqui, pois todos nós sabemos e lidamos com muitas delas, mas vivemos esperando muito de um mundo melhor para todos, onde a igualdade seja vivida e não em um mundo onde ficam tentando passar por cima do outro, onde teremos opiniões formadas e seremos nós mesmos, sem precisar ser quem não somos, apenas para agradar o próximo.