terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Resenha: A Extraordinária Garota Chamada Estrela - Jerry Spinelli


Aviso: Esse livro vocês precisam ter na coleção, me encantei de uma tal forma por esse livro que acabei lendo em dois dias (tudo bem que são apenas 189 páginas) porém, não consegui larga-lo até terminar a história proporcionada pelo escritor.

Já fazia um tempo que esse livro estava na minha lista de desejos, porém, nunca foi uma prioridade comprar, até que consegui compra-lo em uma promoção da Submarino (ás vezes salvando vidas de uma blogueira consumista por livros), não botando tanta fé assim no livro, foi onde me surpreendeu, sério, de verdade, todo leitor tem que ter esse livro, é uma leitura obrigatória. No momento que peguei no livro e comecei a ler, parecia que Deus estava me mandando um sinal, pois eu realmente precisava ler aquelas palavras, eu precisava me sentir segura pelo o que eu sou, e saber que não havia nada de errado comigo e sim com as pessoas ao meu redor.

A história é narrada por Léo, o menino que me faz amar e odiar ele ao mesmo tempo, ele ressalta a vida de Estrela, a menina nova da escola, que é estranhamente amorosa, legal, sensível, apaixonante, precisa, feliz. Mas as pessoas não conseguem entender como uma pessoa pode ser legal até demais com as pessoas, e acabam criticando a menina e fazendo coisas horríveis com ela, por não aceitarem que ela seja tecnicamente dizendo "diferente" das outras pessoas. Eles acreditavam que ela não era real, que talvez o diretor da escola tenha contratado ela, para ser diferente e acabar causando conflitos entre os alunos do colégio. Muitos alunos no começo da trajetória acabam ficando um pouco confusos com Estrela, se ela realmente era real, se era um projeto do diretor, ou se ela tinha realmente algum problema, eu não acho nenhum problema em ser diferente das pessoas. 

Muitos acreditavam que ela era o problema de algumas coisas estarem acontecendo, mas eles não se ligavam que o problema eram eles, e não a personagem Estrela. O autor quis mostrar para nós como as pessoas deveriam ser, se importar mais com as pessoas, ser feliz sem importar com o que esta acontecendo a nossa volta, pensar na vida de um jeito positivo e saber que tudo tem saída, e que sofrimento realmente é uma escolha. Estrela é uma menina tão boa e empolgante que as vezes ficamos pensando se não está sendo forçado demais, mas com o encaminhar da história, vamos pegando um pedacinho dela, e percebemos, que poderiamos ser pessoas melhores sim, se quisermos.

Eu indico muito esse livro para que todo mundo leia, pois me fez refletir bastante, pois me vi em várias situações da Estrela, e realmente entendi que o problema não é comigo e sim com as pessoas, elas são o que são e se incomodam muito com uma pessoa que brilha. 

Conclusão: Não importa por qual dificuldade esteja passando, as pessoas sempre serão as mesmas coisas, egoístas, e se incomodando com o que não lhe dizem respeito, Não deixe que ninguém apague seu brilho, pois somos únicos.