sexta-feira, 18 de março de 2016

Não quero esse título



Você disse que nunca me machucaria
Nessa frase você já viu o engano
Como pude imaginar que você seria meu band-aid?
Nosso amor era de papel
E olha como ele foi rasgado

Tenha certeza que não sinto muito
Sua vida perfeita é cheia de mentiras
Só me faz querer vomitar

Ainda bem que você foi embora daqui
Dê adeus de uma vez, não quero mais ficar cara a cara com você!

Hoje vejo as estrelas no céu
Vejo o sol brilhar
Eu sai daquela escuridão
Seu sorriso estúpido me dá nó na garganta
Ainda bem que não te vejo mais

Olha a vida que se escolheu,
Cadê os sonhos?
Me lembro quando você me fez desistir dos meus

Não quero mais meu nome em sua boca
Não preciso de sua piedade para poder seguir em frente
Veja o quanto eu evolui

Fui atrás dos meus sonhos
Hoje me sinto como um grande lutador
Cuidado quando atravessar meu caminho
Meu golpe pode ser letal
vadias, vadias, todas estupidas
Ainda bem que não tenho esse título
Vergonhoso, imundo, sem alma.